Quais são as opções para retirar meus vasinhos ? Quando posso usar a espuma?

Existem diversas técnicas para retirada dos vasinhos, também chamados de telangectasias.

A indicação do tratamento vai depender das características como tamanho, quantidade e presença ou não de uma veia reticular, a veia nutridora dos vasinhos.

O método mais tradicional e muito eficaz é a escleroterapia com glicose hipertônica. Se trata de um procedimento que injetamos em cada vasinho uma quantidade de glicose bem concentrada que estimula um processo inflamatório na parede desse vaso, necessitando de algumas sessões para seu total desaparecimento.

O laser transdermico associado a escleroterapia também é uma opção. Ele age liberando energia local que provoca um dano térmico no vaso, necessitando também de vários estímulos para se chegar em um resultado desejado.

A aplicação de espuma de polidocanol é uma técnica nova para a estética porém já muito utilizada para tratamento de úlceras.

Sua aplicação iniciou se com pacientes que possuíam insuficiência venosa severa ao ponto de apresentar úlceras em suas pernas. Para o fechamento dessa ferida é necessário retirar a veia insuficiente responsável e muitos pacientes não possuem condições clínicas ou locais para cirurgia. A aplicação de espuma nessas veias ocasiona uma trombose controlada na veia fechando a ferida.

Para a aplicação desta espuma na estética, iniciou o uso da substância mais diluída. Em pacientes que apresentam veias nutridoras dos vasinhos, está é uma ótima opção pois seu resultado, porém tem sua indicação limitada pois em alguns tons de pele o efeito colateral de pigmentação da pele pode ser maior.

Consulte sempre seu cirurgião vascular.

Dra Paula Casals

Cirurgia Vascular
CRM 164079

Atendimento:

  • São Paulo, SP
  • Caraguatatuba, SP

www.drapaulacasals.com.br